domingo, 20 de setembro de 2009

Portais da cidade.

Domingo passado, 13 de setembro, iniciou o projeto Portais da Cidade no corredor leste de Porto Alegre.
O que vem a ser este projeto?
Simplificando, seria transformar boa partes de linhas troncais em alimentadoras, ou seja, em vez de você pegar um ônibus e ir diretamente ao centro, haverá transbordo no caminho. O projeto preve varias estações de transbordos em todas as zonas geográficas de Porto Alegre, dai o nome de portais.
Começou pela estação Bento Gonçalves e abrangeu inicialmente as linhas 360-IPÊ, 376-VILA DOS HERDEIROS e 346-Jd. Bento Gonçalves que fariam conexão com a uma nova linha criada, 340, que iria até o centro. Funcionaria inicialmente aos domingos e feriados, após, num prazo curto, aos sabados e posteriomente, sem prazo de implantação, em todos os dias da semana.
Para se ter uma ideia da importância deste projeto, toda a direção do consórcio UNIBUS, fiscais e uma penca de agentes da EPTC, esteve presente desde o primeiro carro posto na rua. E não é pra menos.
O sucesso desta primeira tentativa de implantar o projeto Portais da cidade significaria no futuro toda a reformulação do sistema de transporte público da capital e acabaria redesenhando o mapa da cidade.
Apesar da importância e do com todo aparato e do número de pessoas envolvidas o projeto já neste domingo não teve segmento. Faltou algo básico: comunicar as pessoas diretamente envolvidas, ou seja, os usuários sobre as alterações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário