quinta-feira, 5 de novembro de 2009

O ponto dos assaltos.

O ponto preferido dos assaltos tanto do Jary quanto da Safira/Passo Dornelles é sempre o mesmo: Entre a Martin Felix Berta e a rua Del. Ely Corrêa Prado. Neste trecho existe vegetação abundante, porque de um lado existe uma área federal preservada, do outro, área verde que está sendo sistematicamente devastada por inúmeras invasões, tanto que a prefeitura praticamente desistiu de retirar o pessoal de lá.
Nestas ocasiões me lembra uma das diretrizes da política de tolerância zero implantada com sucesso em Nova York: É desistimulando os pequenos delitos que se evita os grandes crimes.
Alí houve estimulo de setores do PT, que perdendo a eleição para a prefeitura da capital, insulflou a ocupação escondidos atrás da bandeira do MST/Movimento dos Sem Teto.
Curiosamente conheço muitos dos invasores originais e estes tinham casa própria, principalmente em Viamão de onde a maioria é oriunda. Muitos ficaram só o tempo de se declarar posseiro e já venderam seus lotes. Muitos dos atuais moradores tem carro, outros ostentam a antena da SKY no alto de suas casas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário